SAL ROSA DO HIMALAYA




O que é o Sal Rosa do Himalaia?
Proveniente dos antigos oceanos que deixaram depósitos de sal enterrados centenas de metros nas montanhas dos Himalaias, é considerado o mais antigo e puro de todos os sais marinhos.

Tem propriedades orgânicas muito superiores às do "sal de mesa", devido ao efeito da enorme pressão sofrida ao formar-se na cordilheira do Himalaya durante milhões de anos.


Quais seus benefícios?
Este sal contém os mesmos 84 elementos que compõem o corpo humano e na proporção que as células do nosso corpo humano necessitam. Trata-se de uma fonte pura de energia natural.

Tem um conteúdo rico em minerais que inclui 84 minerais e traço/micro minerais tais como: cálcio, magnésio, potássio, cobre e ferro. É totalmente livre de metais pesados prejudiciais e tem um efeito purificante. Acredita-se que contém a maior concentração de minerais e ferro, o que lhe dá a sua cor rosada.

O sal rosa do Himalaia fornece minerais essenciais, microelementos, equilibra os eletrólitos, suporta adequada absorção de nutrientes, elimina toxinas, equilibra o ph do corpo, normaliza a pressão sanguínea e, aumenta a circulação e condutividade. Também atua no alívio de artrite, erupção cutânea, sarna, herpes, gripes, febres. É o mais alto grau de sal natural.

Laboratórios Europeus confirmaram que os Cristais de Sal do Himalaia possuem os exatos 84 elementos naturais que formam o corpo humano, como o zinco, cálcio, manganês, cobre, ferro e outros. Por ser rico em coloides, que fazem com que os elementos naturais sejam absorvidos pelas células do corpo, ele purifica, relaxa e estimula o organismo agindo como antioxidante e desintoxicante. São inúmeros os benefícios nos casos de osteoporose, artrite, gota, prisão de ventre e como um complemento na alimentação diária.
Mas não é apenas nas nossas mesas que este sal puríssimo pode ser usado. Um banho de imersão com o Cristal de Sal do Himalaia equivale a 5 dias de jejum, devido ao seu alto poder de desintoxicar o organismo. Já é comercializado como sal de banho, por suas reconhecidas funções hidratantes, antioxidante e desintoxicante. Usado como peeling, deixa a pele nutrida.

É utilizado também em peelings, inalações, na higiene oral - neutralizando o ph da flora da boca e protegendo o esmalte dos dentes -, nos tratamentos de acnes, machucados, psoríases, conjuntivites, picadas, herpes, osteoporose, artrite, gota, etc.
É também considerado um ionizador natural, eliminando partículas de poeira, bactérias, ácaros, fungos e fumaça, neutralizando ainda a cargas de íons positivos nos ambientes.


Sal Rosa do Himalaya x Sal Comum Refinado
O que resta depois de consumir o sal de mesa comum é o cloreto de sódio – uma forma química de sal natural que o corpo reconhece como algo completamente estranho. Esta forma de sal está em quase todos os produtos preservados que você come. Portanto, quando você adicionar mais sal na sua comida já salgada, seu corpo recebe mais sal do que pode dispor.

Para cada grama de cloreto de sódio que seu corpo não pode se livrar, seu corpo usa 23 vezes a quantidade de água das células para neutralizar o sal. Comer sal de mesa comum faz com que o excesso de fluido em seu tecido corporal, o que pode contribuir para: Celulite, reumatismo, artrite, gota, pedras nos rins e na vesícula.
Hoje o sal de mesa e de cozinha é nulo em minerais vitais que fazem deste sal do Himalaia tão precioso.

Além de ser cor de rosa (devido ao alto número de minerais), o sal do Himalaia salga perceptivelmente diferente que o sal marinho.
O Sal em questão vem mesmo do Himalaia e é colhido em depósitos milenares de sal que provém de vestígios de um enorme oceano pré-histórico.

Pode substituir normal pelo outro sal.

O sal de cristal do Himalaia, é um produto 100% natural, contém até 84 minerais em sua composição. Sendo conhecido e utilizado desde muito tempo. Devido à altura e a baixa pressão de seus arredores, o sal do Himalaia é puro e livre de toxinas. Atualmente, é considerado um dos sais mais energéticos que já conhecemos.
Seu uso como um banho de sal, é perfeito para o relaxamento e tonificação do corpo. Os banhos de sais possuem um amplo e conhecido efeito desintoxicante do corpo e um ativador da transpiração. Também é uma especiaria de alto valor nutritivo e pode ser usado externamente e internamente.

A iguaria – de textura mais fina e sabor suave – é ideal para salgar peixes e saladas. É o mais puro, o melhor do mundo.

Produzido no Nepal e China, o Sal do Himalaia vem de uma reserva natural, aos pés da Cordilheira. Na Era Paleozoica, há cerca de 250 milhões de anos, um mar localizado na região foi o responsável pela alta concentração de minerais nesta matéria-prima. Com isso, o produto apresenta propriedades terapêuticas, como a melhora da circulação sanguínea.
Os minerais naturais encontrados no Sal do Himalaia, que é conhecido como “ouro branco”, são idênticos aos elementos presentes no corpo humano – e também aos encontrados nos oceanos primários do planeta. O ingrediente consegue realçar os alimentos, conferindo novas experiências gustativas.