CARACTERÍSTICAS DA SEMENTE DO AGUAÍ

Características do Aguaí ou Chapéu de Napoleão (Thevetia Peruviana)

Comumente chamada de Chapéu de Napoleão, pois a semente do Aguaí tem a forma assemelhada com aquele famoso chapéu usado por Napoleão Bonaparte. 

 Aguaí é um nome de origem na língua tupi e significa guizo ou cascavel.

Esse nome era dado pelos indígenas, pois havia algumas associações entre as sementes e a cobra cascavel:
- A semente tem a propriedade de afastar as cobras, inclusive a cascavel.
- Os índios usavam o Aguaí para tratar picadas de cobra.
- As sementes de Aguaí eram usadas em chocalhos, junto com outras sementes, imitando o som do guizo da cascavel, que eram usados pelos pajés ou xamãs para ajudar a curar doenças nos rituais de cura.

Instintivamente as sementes eram usadas nesses chocalhos, pois elas emitem também uma boa radiação de energia que ajudam na recuperação mais rápida e reequilíbrio do organismo tratado.

Por isso o nome indígena Aguaí foi adotado também para designar popularmente essa planta com muitos poderes.


Planta arbustiva, de textura lenhosa, e folhagem e floração ornamental e perfumada, porém muito tóxica.

O Aguaí ou Chapéu de Napoleão, é uma planta própria para jardim, da família das 'Apocinaceas', recebe muitos nomes entre eles:-(Thevetia neriifolia, Thevetia peruviana ou Thevetia Ahouai).

É encontrada no Brasil, do Nordeste às Guianas.

Uma amiga minha em viagem por Natal, relatou que nessa cidade do Nordeste observou a existência de muitas árvores de Aguaí plantadas.

Algumas cidades no Estado de São Paulo também apresentam arvores de Aguaí ornamentando calçadas e praças.

Encontramos a ocorrência dessa planta em praticamente todos os Estados do Brasil.

As folhas têm formatos lineares lanceolados brilhantes.

As variedades de flores são brancas ou róseas, amarelas e alaranjadas.

Sua seiva é tóxica deve-se tomar cuidado com crianças.
Normalmente quando se apanha o fruto ainda verde, é muito comum verter um pouco de látex junto.

Deve ser evitado contato do látex com a pele, principalmente evitado contato com os olhos e a mucosas.

No caso de contato com a pele, lavar bem em água corrente.
Uso do látex para flechas com pontas venenosas:
Etnobotânica: o látex era, popularmente, usado como veneno em flechas (Simões, 2002).

Contêm glicosídeos cardiotônicos, análogos a digitoxina e a digoxina, usadas na medicina como fonte de fortalecimento do coração e restabelecimento do ritmo cardíaco, conforme pesquisa do instituto de Química da USP.

Ciclo de Vida:

O chapéu-de-napoleão ou Aguaí é uma planta arbustiva, de textura lenhosa, e folhagem e floração decorativas.

O caule é ramificado, com casca cinzenta e seiva leitosa, muito tóxica.
As folhas têm formato linear a lanceolado, são coriáceas, brilhantes, glabras e alternas, com pecíolos curtos e nervura central bem marcada, de tonalidade mais clara.

As flores são muito bonitas, tubulares, perfumadas, de coloração laranja ou amarela.
Os frutos são do tipo drupa e muito atrativos, de formato subgloboso, como uma castanha, com duas a quatro sementes grandes e venenosas.

Com podas de formação, o "chapéu de Napoleão" adquire forma compacta, e presta¬se como arbusto isolado, em pequenos grupos ou como cerca - viva.

Apesar de ser arbustivo, pode ser conduzido como arvoreta, com caule único e porte de 3 a 4 metros.

Desta forma presta-se para pequenos espaços como calçadas estreitas e pátios residenciais.

 Também pode ser plantado em vasos.
Devido a grande toxicidade, o "chapéu de Napoleão" não deve ser utilizados em áreas freqüentadas por crianças ou animais domésticos.

A ingestão de qualquer parte da planta provoca intoxicações com sintomas semelhantes à intoxicação por Espirradeira (Nerium oleander), que vão desde vômitos, salivação, queimaduras na pele e mucosas, até a morte, por parada cardíaca.

Deve ser cultivado sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado periodicamente. Tolerante a curtos períodos de estiagem. Aprecia clima quente, mas pode ser cultivada em regiões de clima frio, desde que fique em ambientes protegidos no inverno.


Multiplica-se por sementes e por estaquia. As sementes necessitam de quebra de dormência em água quente. Para que germinem, deve-se colocar uma semente Yang (macho) junto com uma semente Yin (fêmea).